Home » » Em Picuí polícia age rápido e prende jovem que ameaçava população com mensagem no WhatsApp.

Em Picuí polícia age rápido e prende jovem que ameaçava população com mensagem no WhatsApp.

Material encontrado com boy
Na noite de domingo (06), uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar da Paraíba, resultou na apreensão de dois jovens acusados de espalharem pelo WhatsApp uma mensagem com áudio ameaçador a alunos da escola Estadual Professor Lordão e a comunidade de maneira geral.

Foram pegos pela polícia local Gleydson Andrade Ferreira de Lima, 18 anos, mais conhecido por "boy", natural de Campina Grande-PB e José Talisson, conhecido por Tatale, 18 anos.

“Boy” foi localizado numa casa no “Alto do Cruzeiro”, Bairro Monte Santo em Picuí e segundo a polícia é o autor da mensagem de áudio ameaçador que causou pânico na cidade.

Segundo Dianni Regina, delegada que comandou a operação, “boy” provavelmente tem envolvimento com o crime, pois foi encontrada com o acusado, uma arma calibre 22, algumas munições, drogas e uma quantia em dinheiro e por este motivo as investigações continuam.

Apesar de todo temor das pessoas, não foi registrado nenhum ataque nos locais citados no áudio. As linhas telefônicas da 7° DRPC de Picuí, e os contatos móveis da PM congestionaram neste dia, porque as pessoas queriam confirmar se era ou não boato, as ameaças que os mesmos ouviam através do aplicativo.

Estiveram envolvidos nesta ação policial a delegada Dianni Regina, os Policiais Civis Anderson e Marcílio e os PMs Josuel, T. Silva e o aspirante D. Sousa.

No vídeo abaixo contém os áudios espalhados pela bandidagem pelo WhatsApp, e no final a resposta dada pela polícia. ASSISTA:




Fonte: www.setimaregional.com.br
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário