Home » » CEOP reúne pedreiros e animadores sociais para discutir questões sociais e técnicas relacionadas à construção de cisternas.

CEOP reúne pedreiros e animadores sociais para discutir questões sociais e técnicas relacionadas à construção de cisternas.


No sábado 02.04.2016, Educadores (as) Socais e Pedreiros (as) reuniram-se no centro educativo do CEOP para discutir questões sociais e técnicas relacionadas à construção das tecnologias para captação e armazenamento de água pelo Programa Um milhão de Cisternas (P1MC) e Uma terra e Duas Águas (P1+2).

A princípio foi feita uma reflexão sobre a atual conjuntura politica de nosso país, e sobre o posicionamento da instituição a favor da democracia e de um projeto político de inclusão, que valorize o ser humano e as suas potencialidades, oferecendo oportunidades para que todos e todas possam viver com dignidade.

Sequencialmente pedreiros (as) e educadores (as) partilharam experiências adquiridas durante a construção de cisternas e outras implementações. 


Fortificando o compromisso de construir com qualidade, e o comprometimento com a instituição e com as famílias beneficiadas pelos programas de fortalecimento na convivência no semiárido.

Para o agricultor Edson, que já trabalhou como Pedreiro no CEOP, e atualmente desenvolve atividades como Animador de Campo: “encontros como esse são muito importantes, pois durante esses momentos podemos repassar informes sobre o funcionamento dos programas, esclarecer dúvidas e falar sobre a importância do profissionalismo e bom relacionamento que deve existir entre nós e as famílias beneficiadas”.

Durante a reunião, fizeram-se presentes pedreiros (as) que estão engajados (as) com o CEOP a mais de dez anos, e outros (as) que pela primeira vez estão integrando a equipe da instituição. Todos (as) empenhados (as) em trabalhar em favor do desenvolvimento do semiárido brasileiro.



Ascom
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário