Home » » ELEIÇÕES 2016: Deputados estaduais ficam entre a ALPB e a disputa municipal.

ELEIÇÕES 2016: Deputados estaduais ficam entre a ALPB e a disputa municipal.


De olho nas eleições de outubro, os deputados estaduais que também são pré-candidatos a prefeituras paraibanas estão colocando o pé na estrada para reforçar a presença nos municípios que pretendem comandar. Pelo menos cinco parlamentares podem disputar as eleições, três deles já confirmaram as pretensões e tentam conciliar as atividades legislativas com a agenda da pré-campanha.

Faça chuva ou faça sol, toda quinta-feira José Aldemir (PP) pega a estrada para o município de Cajazeiras, onde é pré-candidato a prefeito. “Quando não tem matéria para votar na quinta-feira, eu vou logo na quarta-feira, após a sessão. Eu participo das sessões dos debates na Assembleia e a minha pré-candidatura não vai prejudicar em nada o meu desempenho na Casa”, garantiu. 

Sempre que pode, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), pega a estrada para a Campina Grande, onde vai disputar o comando do Executivo municipal. Ele descartou a possibilidade de se licenciar das atividades parlamentares para se dedicar exclusivamente à campanha. “Eu vou me virar nos 30 e conciliar o tempo com trabalho e política”, assegurou. Em torno do seu nome, Galdino já conta com o apoio de aproximadamente 10 partidos, mas conversa com todas as legendas que compõe a base do governador Ricardo Coutinho (PSB), na tentativa de ampliar o tempo no guia eleitoral.

Daniella Ribeiro (PP), apesar de não confirmar sua pré-candidatura à prefeitura de Campina Grande, também tem reforçado a agenda política. Em plena quarta-feira, dia de sessão ordinária na Assembleia, a parlamentar faltou à sessão e preferiu prestigiar a posse do novo secretariado da Prefeitura Municipal de João Pessoa, conduzida por Luciano Cartaxo (PSD), seu novo aliado político. De forma recorrente, a deputada tem utilizado a Assembleia para requerer informações sobre a gestão de Romero Rodrigues (PSDB) e cobrar melhorias nos serviços prestados pela prefeitura.

A disputa por Campina Grande, inclusive, promete ser uma das mais acirradas. O nome do deputado Inácio Falcão (PT do B) também deve ser lançado por seu partido para a disputa em Campina. Outro parlamentar que vai ter que conciliar as atividades legislativas com a agenda de pré-candidato é Zé Paulo, que se filiou recentemente ao PSB para disputar a prefeitura de Santa Rita.

Suplentes podem ser beneficiados

Quem está na torcida para que os deputados saiam vitoriosos das eleições são os suplentes que podem garantir assento na Assembleia Legislativa. Caso Adriano Galdino vença as eleições em Campina Grande, Hervázio Bezerra (PSB) consegue sair da condição de suplente para titular do mandato de deputado estadual. Bezerra é o primeiro suplente na coligação formada por PSB/PRTB/PDT/PRP e DEM. 

Antônio Mineral leva ainda mais vantagem nessa disputa, já que pode ser beneficiado, caso Daniella Ribeiro (PP) ou José Aldemir (PP) sejam eleitos em outubro. Mineral ficou na condição de primeiro suplente da coligação formada por PSDB/PR/PP/PEN e PTB. Com uma possível vitória de Zé Paulo, na disputa pela prefeitura de Santa Rita, o suplente Charles Camaraense (PSL), pré-candidato à prefeitura de Cuité, pode ser beneficiado com um mandato na Assembleia. Jullys Roberto é outro suplente com chances de garantir assento no Legislativo.



JPOnline
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário