Home » » FPF anuncia 2ª divisão com 11 clubes, mas aguarda definição de outros dois.

FPF anuncia 2ª divisão com 11 clubes, mas aguarda definição de outros dois.


A edição 2016 da 2ª divisão do Campeonato Paraibano já tem um formato. Após reunião realizada na tarde dessa segunda-feira na sede da Federação Paraibana de Futebol (FPF), 11 clubes foram confirmados na competição, mas outros dois ainda podem entrar na disputa. Esses 11 (ou 12 ou 13) clubes estão divididos em três grupos e oito se classificam para as quartas de final. Ainda não há uma data definida para o início dos jogos, mas a previsão é de que a bola role na segunda quinzena de agosto.

De início, 11 clubes já estão confirmados na divisão de acesso do futebol paraibano: Femar, Internacional, Miramar e Spartax no Grupo do Litoral; Lucena, Serrano e Sport Campina no Grupo do Agreste; e Cruzeiro de Itaporanga, Nacional de Patos, Nacional de Pombal e Sabugy no Grupo do Sertão.

A pendência fica por conta de Leonel e Perilima, que manifestaram o desejo de participar da competição, mas estão com pendências junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e precisam resolver isso. De acordo com o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, ele e os clubes vão tentar contornar o problema.

- Leonel e Perilima têm pendência na CBF. A gente vai sentar e ver as pendências, porque eles estão inativos. Mas eu vou tentar resolver. Então tem a possibilidade de 13 equipes participarem - comentou o dirigente, que encaminhou um ofício à CBF nesta terça-feira e aguarda resposta.

Se Leonel e Perilima conseguirem resolver suas pendências na CBF e participar da competição, vão entrar no Grupo do Agreste, que passará a ter cinco clubes, enquanto os do Litoral e do Sertão continuarão com quatro cada.

De acordo com o regulamento definido - mas que ainda vai ser divulgado oficialmente pela FPF -, os três primeiros colocados do Grupo do Litoral, os dois primeiros do Agreste e os três primeiros do Sertão se classificarão para compor os quatro duelos das quartas de final, em jogos de ida e volta. A partir daí, seguem-se a semifinal e a final normalmente.

Nem tudo está resolvido
Apesar de 11 clubes já estarem confirmados na 2ª divisão do Paraibano deste ano - e, portanto, vão entrar na tabela da competição -, o presidente Amadeu Rodrigues alerta para alguns problemas. Segundo ele, ainda há clubes que precisam apresentar as certidões negativas de débitos para garantirem o direito de disputar o torneio.

- O grande problema que a gente tem é a questão das certidões (negativas de débitos). Eu tinha baixado uma notificação para que os clubes apresentassem todas as certidões até a última sexta-feira. Mas existe uma resolução do Ministério da Fazenda que prorroga esse prazo até o dia 31 de julho. E eu não posso tirar o direito do clube de ter esse prazo para apresentar. Ruim porque nós já teremos publicado a tabela e o regulamento da competição e, se até lá algum clube não apresentar (as certidões), pode dar um vazio na competição - argumentou Amadeu.

E o presidente da FPF fez questão de destacar que, caso algum desses clubes não apresentem as certidões negativas de débitos dentro do prazo estipulado pelo Ministério da Fazenda, haverá punição estendida até a próxima temporada.
- Com o compromisso, registrado em ata e assinado por todos os clubes, a punição vai existir. Além de não participar do campeonato de 2016, não participará do campeonato de 2017 automaticamente, e ainda será encaminhado para o Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) - finalizou o dirigente.


ge
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário