Home » » Família de jovem baleado pela PM chega na Paraíba e irmã pede justiça.

Família de jovem baleado pela PM chega na Paraíba e irmã pede justiça.


A família alagoana de Cícero Maximino da Silva Júnior, que morreu com um tiro da Polícia Militar na última sexta-feira (21), chegou na cidade de João Pessoa na tarde deste sábado (22) para reconhecer o corpo e encaminhá-lo para Alagoas, onde deve acontecer o velório. “A única coisa que a gente pede é justiça, ele tinha a vida inteira pela frente, muitos sonhos para serem realizados”, disse a irmã da vítima, Miriane Silva. Cícero Maximino da Silva Júnior, de 21 anos, morava na cidade de Teotônio Vilela, no estado de Alagoas, e estaria em João Pessoa apenas para passar o fim de semana. O caso aconteceu na avenida João Maurício, no bairro de Manaíra.

De acordo com os familiares, Cícero se formaria no final deste ano no curso de fisioterapia. Ele estava na capital paraibana participando de um encontro e passaria alguns dias na casa de um amigo. O pai da vítima, também chamado Cícero Maximino, disse que os policiais poderiam ter atirado em outro lugar. “Não precisava matar o menino”, desabafou.

Através de uma nota divulgada no início da tarde deste sábado (22), a Polícia Militar da Paraíba disse que a blitz estava sendo realizada no bairro de Manaíra “quando dois homens em uma moto tentaram atropelar os policiais que realizavam a ação e um dos ocupantes [da moto] teria tentado sacar uma arma contra um policial que reagiu, segundo a versão dos participantes da blitz”, disse a nota. O jovem chegou a ser encaminhado para o Hospital de Emergência de João Pessoa, em uma viatura da Força Tática, mas morreu antes de receber atendimento médico.

O amigo de Cícero, que pilotava a moto no momento do assassinato, disse não ter visto a operação policial e por isso continuou o trajeto. Além disso, explicou que não teria sacado nenhuma arma e que dentro da mochila estavam apenas celulares e documentos dos dois ocupantes da moto. Segundo o jovem, os policiais não o deixaram chegar próximo ao amigo, no entanto, a assessoria da Polícia Militar afirmou que o jovem que pilotava a moto fugiu do local.

           

G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário