Home » » Pelo menos 462 Municípios devem receber profissionais brasileiros do Mais Médicos.

Pelo menos 462 Municípios devem receber profissionais brasileiros do Mais Médicos.


Edital para substituição de médicos da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) foi lançado pelo Ministério da Saúde para substituir 838 profissionais cubanos e 166 desistentes. A seleção nacional para 462 Municípios faz parte meta de ampliar a participação de brasileiros no Programa Mais Médicos. Ao todo, são mil novas vagas.

As inscrições foram aberas neste domingo, 20 de novembro, e vão até dia 23 de dezembro. As vagas que não forem preenchidas por médicos brasileiros com atuação no País serão ofertadas aos brasileiros formados em qualquer país.

Nesse primeiro edital, as oportunidades estão, em sua maioria, localizadas em capitais, regiões metropolitanas e em Municípios com mais de 250 mil habitantes. Outra novidade é que o médico terá 15 dias para permutar sua vaga com outro profissional selecionado. Com isso, os candidatos terão mais uma chance de o médico garantir atuação onde deseja entre as cinco opções que podem fazer. A cada três meses, um edital trará novas vagas.

A expectativa é chegar a 7.800 brasileiros no Mais Médicos, representando mais de 40% do total de profissionais. Atualmente, dos 18.240 médicos participantes, 5.274 são formados no Brasil (29%), 1.537 tem diplomas do exterior (8,4%) e 11.429 são da cooperação com OPAS (62,6%). Mais de 63 milhões de pessoas são assistidas por esses profissionais.

O Mais Médicos oferece aos profissionais bolsa-formação mensal de R$ 11.520,00, R$ 30 mil para o médico que optar por uma vaga longe da cidade onde reside, auxílios moradia e alimentação garantidos pelos municípios mensalmente, além de Especialização em Saúde da Família por uma Universidade pública do sistema UNA-SUS.

Confira a apresentação com os dados das novas vagas para médicos.



Agência CNM, com informações do Portal Brasil
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário