Últimas Notícias

Deputado comemora derrota da cúpula para a base que quer mudanças no partido.


O deputado estadual Anísio Maia (PT) comemorou nesta quarta-feira, 1, a unanimidade formada entre os deputados federais em não votar em golpistas na composição da Mesa Diretora da Casa após forte pressão da base partidária. No Senado, segue-se a mesma tendência.

“Mais uma vez a força vital da militância do PT se expressou. Este partido não tem dono, por maior que sejam nossas lideranças. É por isso que, após meses e anos de ataques, ainda não conseguiram e nem conseguirão destruir o PT, porque nosso partido pertence a milhões de militantes em todo o país” afirmou o deputado.

Anísio Maia ressaltou que em todos os estados do Brasil houve um levante com a palavra de ordem “Petista não vota em golpista”. Há alguns dias estava se construindo um acordo no qual o partido participaria da Mesa Diretoria em chapa junto com Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara, e Eunício de Oliveira (PMDB-CE) no Senado.

“A reação da base foi determinante e esta é uma vitória da militância. Qual partido pode se orgulhar de ter tamanha vitalidade? O PT não pode ficar acomodado e burocratizado, tem que voltar a ser combativo e a base tem que participar. A pressão da base que quer mudanças derrotou a cúpula partidária e este processo apenas começou”, afirmou Anísio Maia.

Para o petista, a militância está indicando o caminho para o partido sair da crise. “O PT começa a refazer um caminho que estava desaprendendo que é o de fazer política por ideologia, sem pensar em cargos ou espaços institucionais e valorizando seus aliados”, concluiu.



ascom

Nenhum comentário