Últimas Notícias

Mais de 500 mil beneficiários do bolsa família devem fazer recadastramento na Paraíba.


Beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) na Paraíba devem ficar atentos ao o processo de atualização cadastral que acontece todos os anos. Todos os beneficiários, em todos os municípios, devem fazer o recadastramento para que a manutenção da bolsa seja garantida. No estado da Paraíba existem 508.420 famílias usuárias do programa do Governo Federal.

De acordo com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), a revisão cadastral tem o objetivo de garantir a atualização dos dados declarados no Cadastro Único pelas famílias do Programa Bolsa Família que foram identificadas com cadastros desatualizados há mais de 24 meses.

O Ministério do Desenvolvimento Social avisa os beneficiários sobre o recadastramento do  Bolsa Família de duas maneiras diferentes. A primeira pode ser através de uma carta enviada ao endereço cadastrado pela família. A segunda é quando o usuário vai fazer o saque do seu benefício e, no comprovante de pagamento, aparecerem as palavras “AVERIGUAÇÃO” ou “REVISÃO CADASTRAL”. Isso significa que ele precisa fazer o recadastramento do benefício.

O recadastramento é feito no órgão responsável pelo cadastro das famílias do município, normalmente pela Secretaria do Desenvolvimento Social.

Documentos necessários

Sempre que o beneficiário for fazer o recadastramento, deve levar consigo os seguintes documentos:

> Documento de identificação de todos os membros da família cadastrados – CPF, RG, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento.

> CPF ou título de eleitor do membro da família no qual o cartão está no nome – no caso de famílias de origem indígena ou quilombola, pode ser qualquer tipo de documento de identificação.

> Uma conta de luz – ou outro comprovante de residência válido;

> Se você tiver crianças ou adolescentes que participem do seu grupo familiar, é necessário levar consigo o comprovante de matrícula de todas as crianças cadastradas;

Também é necessário que você informe um número de telefone para que a secretaria de desenvolvimento social possa entrar em contato com você.


Com Jornal Correio

Nenhum comentário