Últimas Notícias

Diocese de Campina Grande fica sem bispo com anúncio de novo arcebispo.


A posse de Dom Manoel Delson para no cargo de arcebispo da Paraíba deixa vago o cargo de bispo da diocese de Campina Grande. Dom Delson, que assumiu o bispado de Campina Grande em 2012, ficará como administrador diocesano até tomar posse como arcebispo no dia 20 de maio desde ano. No mesmo dia, o colégio de consultores, formado pelo clero de Campina Grande, vai decidir o nome do administrador que vai comandar a Diocese até que o Papa Francisco nomeie um novo bispo.

“A partir desta quarta-feira, fico como administrador diocesano até a posse em João Pessoa. Durante este período, tudo acontece normalmente. Depois da posse, o colégio de consultores de Campina Grande se reúne e elege, então, um dos padres da diocese como administrador apostólico até a Igreja nomear um novo bispo e ele tomar posse”, explicou Dom Delson.

Segundo Dom Delson, o processo até a nomeação de um novo bispo para a diocese de Campina Grande demora por tempo indeterminado, de acordo com a escolha da pessoa para assumir o cargo. “Campina Grande tem um histórico de ter bispos que já atuaram em outras dioceses, como foi o meu caso. Creio que o procedimento vai continuar sendo desta forma, pela dimensão e importância da cidade. Então se for assim, o processo é mais rápido do que esperar a ordenação de bispo novo”, diz.

Dom Delson é natural da cidade de Biritinga, na Bahia, e nasceu no dia 10 de julho de 1954. Estudou Filosofia e o início da Teologia no Seminário São Francisco de Assis em Nova Veneza (SP) e concluiu os estudos teológicos no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador (BA). É mestre em Ciência da Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Salesiana de Roma e graduado em Letras pela Universidade Católica de Salvador.

Foi ordenado sacerdote no dia 5 de julho de 1980 na Arquidiocese de Feira de Santana (BA) e na mesma arquidiocese, em 24 de setembro de 2006, recebeu sua ordenação episcopal. Foi acolhido na diocese de Caicó no dia 8 de outubro daquele ano e permaneceu até agosto de 2012, quando foi nomeado bispo de Campina Grande.



G1

Nenhum comentário