Últimas Notícias

PICUÍ: Drª Hilda lamenta denúncia maldosa feita num programa de rádio sobre o destino dos alimentos arrecadados no forró da Quixaba.

Imagem da internet
Neste domingo (28), vereadores da oposição fizeram algumas insinuações sobre o forró da Quixaba, principalmente sobre a alimentação que foi arrecadada com a realização do evento. Um deles mostrou uma imagem onde um caminhão baú descarregava as doações feitas na festa numa casa pertencente à família do vice-prefeito Lucas Marques, além de outras insinuações anunciadas como denúncia. A atitude dos oposicionistas chocou toda família do vice-prefeito Lucas, sua mãe, a Drª Hilda chocada com o ocorrido imediatamente se pronunciou numa emissora da cidade. Acompanhe abaixo:

"Acho que oposição deve existir mas tem que se fazer oposição com responsabilidade, caráter e dignidade, não tentando denegrir a imagem das pessoas perante a sociedade, e sociedade essa que conhece todos os nossos passos e que nos acompanham o dia-a-dia, sabem das nossas falhas, mas reconhecem nossas virtudes. Nunca precisamos usar de meios ou atitudes que desfavorecem os mais carentes. Sempre fiz e faremos o bem sem olhar a quem e se Deus quiser continuaremos a propagar o bem sem olhar para o lado político. Graças a Deus não precisamos retirar alimentos arrecadados em festa. Esse espaço foi cedido para E2 eventos e como já foi cedido para várias pessoas. Ceder um espaço não quer dizer que vou pegar alimentos. Não vivo em redes sociais   falando mal de ninguém. Aqui deixo o meu abraço para todos as inúmeras ligações recebidas em repúdio as insinuações. Um abraço a todos!"

Sobre o assunto, um conceituado advogado picuiense se pronunciou num grupo de whatsapp sobre o assunto e disse que não tem sentido o tipo de insinuações que foram feitas já que todo alimento arrecado é da empresa que realizou a festa e ela pode armazená-la onde bem quiser. Os produtos só passam a ser do banco de alimentos do município quando a entrega for feita devidamente documentado, ai sim passa a ser responsabilidade do município e serão armazenados em prédio público.

Após o episódio, o telefone de Drª Hilda não parou de tocar com ligações e mensagens de amigos de Picuí e de municípios vizinhos se solidarizando com a família.  

É . . . pode ter sido um tiro no pé.



ClickPicuí   

Nenhum comentário