Últimas Notícias

Couto vai ao Grito dos Excluídos e diz que povo tem que resistir ao desmonte.


Nesta quinta-feira, 7 de setembro, o deputado federal Luiz Couto (PT-PB) participou do Grito dos Excluídos, realizado no fim da manhã, logo depois do Desfile Cívico da Independência, no Centro de  João Pessoa. Couto se juntou aos representantes de associações, sindicatos e movimentos sociais no protesto contra o governo de Michel Temer (PMDB) e disse que a mobilização popular nas ruas é indispensável como forma de resistência ao desmonte do Estado brasileiro realizado pelo presidente golpista.

"O Brasil atualmente vive um momento de semiescravidão. Querem acabar com as nossas florestas, entregar nossas empresas ao capital internacional, estão destruindo os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, estão acabando com as leis trabalhistas, mudando a Constituição para privatizar o Banco do Brasil e Caixa Econômica, querem entregar os minérios às multinacionais... é um governo dominado pelo capital financeiro. O Grito dos Excluídos, neste cenário, é muito importante. O povo tem que estar nas ruas dizendo que não aceita essa tentativa de escravidão", disse o deputado.

O Grito dos Excluídos acontece anualmente, normalmente no dia 7 de setembro. Este ano, ele esteve integrado ao desfile oficial da Independência em João Pessoa. Entre suas bandeiras, estão o combate aos retrocessos impostos aos pobres, aos índios, às mulheres e a todos os grupos excluídos.



Assessoria

Nenhum comentário