Últimas Notícias

Secretária de saúde do município de Picuí Janaína Almeida, destaca ações da pasta administrativa.


Durante a participação no Jornal Municipal na última quinta-feira (30), a Secretária de Saúde, Janaína Almeida, esteve prestando contas de sua administração à frente da pasta que tem feito grandes melhorias no município.

REFORMA DE UNIDADES DE SAÚDE

Alguns dos assuntos abordados foram à reforma das unidades de saúde localizadas nas comunidades Pedreiras e Canoa do Costa. De acordo com ela, os locais estavam inadequados para o desenvolvimento do trabalho da equipe para atender a população: “As instalações públicas em todas as unidades de saúde foram entregues a atual gestão com muitos problemas na infraestrutura e essas duas unidades são as mais prejudicadas. Depois de uma visita junto com o Prefeito Olivânio Remígio, foi constatado que essas unidades precisam de uma reforma urgente”, disse Janaína.

ATENDIMENTO DE FISIOTERAPIA

Outro detalhe que foi abordado se refere aos atendimentos de fisioterapia do Centro de Especialidades Médicas, onde vários pacientes estão recebendo alta por parte dos profissionais. Segundo Janaina, a fisioterapia é um trabalho de reabilitação que tem limites de recuperação. “Quando o profissional dá alta é porque o paciente já chegou ao estágio máximo de reabilitação, ou seja, todos os tratamentos da saúde têm início, meio e fim. Já conversei sobre esse assunto e como profissional eu entendo a visão dos fisioterapeutas”, disse.

De acordo com Janaína, o local destinado ao tratamento dos pacientes de fisioterapia foi entregue com vários problemas estruturais onde o Governo da Participação fez reforma para que todo ambiente fosse renovado.

RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO SOBRE A FARMÁCIA BÁSICA

A secretária também falou aos ouvintes sobre o projeto estratégico ‘Medicamento Certo’, recomendado pelo Ministério Público da Paraíba. De acordo com o site da instituição, o foco é a conscientização dos gestores públicos sobre a prescrição correta de medicamentos, conforme a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename), já que muitos médicos do SUS prescrevem medicamentos pela marca e não pelo princípio ativo. Entre as etapas do projeto estão a realização de reunião com os Conselhos Municipais de Saúde para solicitar o diagnóstico do município, recomendação aos gestores para que sejam atendidas as normas do SUS quanto à prescrição de medicamentos e a inspeção das farmácias básicas dos municípios.

De acordo com a recomendação do promotor de justiça da comarca de Picuí, Alcides Leite, os medicamentos prescritos devem ser prioritariamente os genéricos que estejam descritos no RENAME ou listagem de medicamentos excepcionais vinculadas a o SUS de fornecimento obrigatório. “Hoje temos na farmácia básica, Ana Flávia, que é a farmacêutica extremamente comprometida e por isso conseguimos aumentar a eficiência da distribuição e controle dos medicamentos nas unidades de saúde tanto”, destacou Janaína.

A entrevista foi transmitida ao vivo pelo Facebook e você pode rever abaixo:




Ascom 

Nenhum comentário