Últimas Notícias

Projeto fábrica de solos é selecionado para a etapa II do prêmio ODS Brasil 2018.



A equipe técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social de Picuí, logo que tomou conhecimento do Prêmio ODS Brasil, inscreveu a “Fábrica de Solos” para concorrer ao prêmio, pois trata-se de uma prática inovadora na região, visto que não havia, até então, nenhuma iniciativa pública voltada para o manejo sustentável dos resíduos sólidos.   

Nas palavras de Ranieri Ferreira, Secretário de Agricultura de Picuí, o projeto vem proporcionando alternativa de pesquisa e enriquecimento do curso de Agroecologia do IFPB Campus Picuí, na medida em que alunos e professores dispõem de espaço para pesquisa e intervenção junto à população local, com projetos de extensão participativa e contextualizada com as demandas socioambientais do local.   

O Centro Municipal de Compostagem “Fábrica de Solos” atende ao critério 15 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que consiste em “proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda da biodiversidade.   

O que é o Prêmio ODS Brasil? 
O Prêmio ODS Brasil é uma iniciativa do Governo Federal e tem o objetivo de reconhecer projetos, programas, tecnologias ou outras iniciativas estruturadas que promovam soluções que contemplem os aspectos sociais, ambientais e econômicos - essenciais para inspirar e engajar pessoas e instituições a multiplicarem soluções sustentáveis com base territorial. O Prêmio foi instituído pelo Decreto Presidencial nº 9.295, de 28 de fevereiro de 2018 e as premiações serão concedidas bienalmente, até 2030.          

Projeto Fábrica de Solos é selecionada para a Etapa II do Prêmio   
Em comunicado recebido nesta quinta-feira, a Prefeitura Municipal de Picuí foi informada pela Secretaria-Executiva da Comissão Organizadora da 1ª Edição do Prêmio ODS Brasil que a prática inscrita pelo “Governo da Participação” foi selecionada para a Etapa II do Prêmio.     
A Etapa II consiste em uma pré-seleção de práticas realizada pelo Comitê Técnico da Comissão Organizadora, que avaliará as práticas validadas na etapa I. Para tanto, os servidores que compõem o Comitê Técnico realizarão visitas, in loco, para verificação das informações prestadas no ato da inscrição ao Prêmio. Assim, ainda no mês de setembro, membros da comissão organizadora da 1ª Edição do Prêmio ODS Brasil farão uma visita a Picuí para conhecerem o Centro Municipal de Compostagem “Fábrica de Solos”.     

Premiação 
As instituições responsáveis pelas práticas selecionadas em 1º, 2º e 3º lugares pelo Júri serão premiadas, simbolicamente, com o Prêmio ODS Brasil 2018 em cada categoria. Os demais classificados da etapa III receberão um diploma de menção honrosa. Todas as instituições responsáveis pelas práticas qualificadas para a etapa II do Prêmio receberão certificado de participação.  A cerimônia de premiação será realizada em evento na cidade de Brasília/DF, no mês de dezembro de 2018.  


Ascom

Nenhum comentário