Últimas Notícias

Sem laudos dos estádios, Ministério Público pede adiamento da 2ª Divisão.


Valberto Lira apresentou recomendação para o adiamento da 2ª Divisão do Campeonato Paraibano

Promotor Valberto Lira recomendou que a FPF não começasse a competição antes da apresentação dos laudos que comprovam a situação dos estádios que vão receber os jogos.

A 2ª divisão do Campeonato Paraibano pode não começar no dia 16 de setembro, como ficou decidido na reunião extraordinária do Conselho Arbitral desta quarta-feira. É que o procurador de justiça do Ministério Público da Paraíba, Valberto Lira, recomendou o adiamento do início da competição, pois, segundo ele, ainda não recebeu da Federação Paraibana de Futebol (FPF) nenhum laudo sobre os estádios que vão receber as partidas.

No documento, Valberto argumenta que alguns estádios, apontados pela entidade como possíveis locais de jogos, estão em “desacordo com as normas de segurança atinentes” e o fato foi constatado pelo Corpo de Bombeiros do estado. De acordo com o promotor Valberto Lira, a FPF teria que entregar os laudos ao Ministério Público num prazo de 40 dias antes do início da competição para que as adequações fossem feitas.

- A FPF não apresentou nenhum laudo ainda. Em 2016, acordamos num prazo de 40 dias, que sempre vinha sendo cumprido - afirmou o procurador.

Por causa disso, o Ministério Público recomendou “ à Federação Paraibana de Futebol - FPF, o adiamento do início do Campeonato de Futebol de 2018, da 2ª divisão, até que ela, a Federação Paraibana de Futebol - FPF, cumpra o estatuto”.

Mas ainda há uma esperança para quem quer que a competição comece no dia 16. Segundo Valberto, se a FPF mandar os laudos em tempo e os estádios não tiverem nenhuma restrição, a data pode ser mantida.

Resposta da FPF

A reportagem entrou em contato com a entidade para saber o posicionamento dela sobre o adiamento. No entanto, a assessoria informou que a FPF ainda não tinha sido informada oficialmente sobre o assunto.


GE

Nenhum comentário