Últimas Notícias

Em Picuí, alunos da rede municipal de ensino são medalhistas na OBA 2021.

A rede municipal de ensino em Picuí PB, mais uma vez se destacou na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA 2021. Nesta 24ª edição, 66 alunos receberam medalhas, de bronze, prata e ouro, assim distribuídas:

Bronze: 20, Prata 27 e Ouro 19, no nível 2, destinada aos alunos regularmente matriculados do 4º ao 5º ano do Ensino Fundamental, e no nível 3 destinada aos alunos regularmente matriculados entre o 6º e 9º ano do Ensino Fundamental. Os medalhistas são das EMEFs Tancredo de Almeida Neves, Governador Flávio Ribeiro, Ana Maria Gomes, João Belo Alves, Felipe Tiago Gomes, Tertuliano Pereira de Araújo, Severino Ramos da Nóbrega, Macário Zulmiro da Silva e Antonio Ferreira da Costa.

Na manhã desta sexta-feira (6), ao participar do programa de rádio ‘Jornal Municipal’, a Secretária de Educação do Município Maria da Guia Lucena, expressou sua satisfação pelo resultado obtido, e aproveitou para parabenizar alunos e profissionais da rede municipal de ensino, participantes da referida olimpíada.

─ Aqui o meu agradecimento a todos que contribuíram para a realização da olimpíada, e também a minha alegria com todos vocês alunos que mais uma vez se dedicaram e continuaram expressando a sua vocação pelo estudo, é muito importante dizer que nós temos alunos que estudam diariamente que são focados no estudo, que tem objetivo comuns de galgarem novos conhecimentos e novos caminhos acadêmicos, nosso muito obrigado e meus parabéns mais uma vez ─ disse a secretária.

Confira abaixo o quadro de medalhas e escolas participantes.


Francisco Araújo para o ClickPicuí

*A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional. A OBA tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, planetários, observatórios municipais e particulares, espaços, centros e museus de ciência, associações e clubes de Astronomia, astrônomos profissionais e amadores, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.


*Secretaria Municipal de Educação

Nenhum comentário