Últimas Notícias

Na Assembleia, Plenário lota e debate sobre Novas Alternativas para Educação ganha força.



Com o plenário José Mariz lotado de professores, educadores, estudantes, gestores escolares, secretários Municipais, gestores Estaduais de Educação e deputados, a Assembleia Legislativa da Paraíba debateu nesta terça-feira (30), novas alternativas para a educação paraibana, em alusão ao Dia Mundial da Educação.

Proposta pelo deputado Estadual Chió (REDE), a Sessão Especial deu voz e visibilidade a iniciativas de educação transformadora que estão acontecendo nos municípios paraibanos, e pelos resultados obtidos, certificações e reconhecimento internacional, merecem adesão e incentivos dos poderes públicos. 

"Um momento extraordinário que permitiu a Paraíba conhecer novas estratégias pedagógicas que estão sendo aplicadas de forma localizada, mas, com forte impacto no rendimento dos alunos e envolvimento das comunidades escolares. Tenho certeza, que a partir desse momento, contaremos com o apoio incondicional da Casa, na elaboração, votação e aprovação de leis e requerimentos que ajudem a levar a educação transformadora para todas as escolas paraibanas", enfatizou o deputado Chió.

Bastante prestigiada, a sessão contou com a participação dos deputados Estaduais Eduardo Carneiro (PRTB), Pollyanna Dutra (PSB), Raniery Paulino (MDB), Cabo Gilberto Silva (PSL), Tovar Correia Lima (PSDB) e João Henrique (PSDB). Os prefeitos Olivânio Dantas (PT) de Picuí e André Alves (Avante), de Remígio, também estiveram presentes.

O gerente Executivo do Ensino Médio na Paraíba, Robson Ferreira, representou o secretário de Estado da Educação, Ciências e Tecnologia, Aléssio Trindade. O vereador Thiago Lucena (PMN), representou a Câmara Municipal de João Pessoa, e o estudante Humberto Balbino, a comunidade estudantil da Escola Integral José Bronzeado Sobrinho, localizada em Remígio.


Alternativas reconhecidas

O estudo de caso da Escola Comunitária Nossa Senhora do Carmo, reconhecida pelo MEC e localizada na cidade de Bananeiras, sendo a primeira escola paraibana a entrar para Rede de Escolas Transformadoras, certificada pela Ashoka/Alana em 2017, foi apresentado pela gestora Leila Coelho, sendo bastante referenciado.

"O foco da nossa metodologia é a autonomia dos alunos, aliada a gratuidade, o respeito, a solidariedade, afetividade, autoconhecimento e a responsabilidade. Sistematizamos o trabalho educativo em etapas que consistem um projeto - momento em que os alunos informam o que querem aprender com o acompanhamento de um especialista; o roteiro - momento em que os alunos chegam na escola e montam diariamente seus planos de atividades; as oficinas - momento de partilha com rodas de apreciação das atividades do dia e a tutoria - que consiste em técnicas de relaxamento e convivência", detalhou Leila Coelho, que também é membro do Núcleo de Educação Transformadora da Paraíba.

O secretário Municipal de Educação da cidade de Remígio, Alexandre Rufino, relatou como a educação emocional tem revolucionado o ensino na cidade, como outro exemplo de sucesso. "Em Remígio foi adotado em 2018, o projeto Coaching nas Escolas, aplicado em unidades escolares com índices complexos de vulnerabilidade. Através da educação socioemocional colhemos resultados excepcionais, eliminando a violência, por exemplo, no âmbito escolar. O projeto envolveu alunos, pais e equipes escolares," compartilhou o secretário.


Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)

Nenhum comentário